This post is trending. 296 Visualizações

8 factos que acompanharam o crescimento do kuduro

Desde as batidas do Kota Tony Amado e as paranoias do Kota Sebem ao mais recente lamento... esses são os factos por trás da história do kuduro.

Selecionei aqui algumas curiosidades sobre o estilo musical mais mexido da banda. Acompanhe e deixa-nos nos comentários outros factos que tu sabes.

Tony Amado aka O Pai do Kuduro

Tudo começou com o Van Damme

Segundo Tony Amado, o estilo foi inspirado numa dança do actor Jean Claude Van Damme no filme Kickboxer (1989). Foi a bunda rija do actor que gerou o nome ku-duro.

Antes das rimas, tinhamos as paranoias do Kota Sebem e Kota Semal

m.redeangola.info

Para além dos toques e das batidas, nos anos 2000, as dicas começaram a fazer parte do estilo. Estava na moda mandar sempre uma noia ou uma estória em cima do beat. Como a estória do gajo que descobriu que era corno em pleno aniversário da dama, no som “Cala a Boca” do Sebem.

A vertente intervencionista chega ao game

Dog Murras trazia nas suas músicas mensagens de paz e coragem para uma Angola que acabava de sair da guerra civil. Para ele, o kuduro é o estilo que nos une. O estilo do musseque que retrata todas as nossas malambas. Hoje em dia, essa tocha é carregada por nomes como Buno M, Rei Panda, W King e muitos outros!

Fofandó, a dama do terreno, é conhecida como a primeira voz femenina do kuduro.

Embora tenha surgido no mesmo tempo que a Noite e Dia, Nayol Crazy e Gata Agressiva, a Fofandó tocou lá primeiro. Pois foi a primeira kudurista a conquistar o seu espaço no kuduro.

No kuduro também se lamenta.

Aiué o mô ciente woo… Essa vertente surgiu como uma forma de homenagear os ente queridos. Ela explora sentimentos de tristeza e temas como morte e perseguição dos magalas. Mais ainda, é uma forma de manter o astral e motivação dos jovens que apreciam o estilo.

Angola já teve uma kudurista muda. A Dama Tininha

tenor.com

Babá da Dadá bateu bué enquanto durou!

Existe um estado maior do kuduro: Nagrelha d’Os Lambas

angop.ao

O 4, Comboio 1, 2 e 3, Rebenta, Tá Gozar Né…? Os Lambas reinventaram o kuduro. Puto Amizade, Nagrelha e Bruno King era o trio que o kuduro precisava durante a transição do tempo das paranoias ao tempo das rimas.

I Love Kuduro foi um dos maior festivais musical de Angola e ajudou na internacionalização do estilo kuduro

http://www.semba-c.com

O festival teve 5 edições (2011-2015) e o seu maior objectivo foi promover o kuduro e a música electrónica angolana! Tem também uma versão documentario que foi lançado mudialmente em 2013.

E assim o game continua… Com o sucesso dos kuduristas como Nerú Americano, Jessica Pitbull, Pé do Galo, Scró Q Cuia, Os Moikanos, Rey Loy, Titica e muitos outros…

Então, o que achas? Quais são outras curiosidades sobre o kuduro que tu conheces?

Deixa uma dika!

Conteúdo Viral

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *