This post is trending. 47 Visualizações

Património é História

Celebremos a memória!


Assinalou-se no dia 18 de Abril, o dia Internancional dos Monumentos e Sítios. 

O dia 18 do mês de Abril de cada ano é marcado com o objectivo de sensibilizar e consciencializar os estados membros e pessoas individuais na diversificação, protecção e conservação do património material e imaterial do mundo.

Podemos assumir a “culpa” e dizer de peito estufado que somos um povo rico, pela lista de monumentos e sítios de caráter patrimonial que temos, e que apesar de não estarem listados pela UNESCO, são de um imenso poder cultural do qual nos fazem orgulhar. Na linha da frente, a “cidade a desenterrar, para preservar”, nada mais do que M’banza Kongo. Sim! Uma cidade a preservar.
Com uma área classificada, cujos limites abrangem uma colina de 570 metros, M’banza Kongo atrai olhares externos, sendo ainda alvo de escavações e estudos arqueológicos.

dw.com/pt

Razões como o levantamento da missão da Igreja Católica (defendida como a mais antiga da África Subsariana), o cemitério dos reis do antigo Reino do Kongo, e descobertas de pedras denominadas como “Tadi dia Bukukua” (supostamente o antigo palácio real), são razões bastantes para que a cidade ganhe destaque. A cidade capital da província do Zaire e do antigo Reino do Kongo, foi declarada como património da humanidade em 2017, antes mesmo da chegada dos Portugueses, M’banza Kongo já possuía estabilidade suficiente para se auto-sustentar.

hoteisangola.com

Apesar de, a UNESCO ser a organização responsável a listar o Património da Humanidade, a reflexão neste dia não é e não deve cingir-se apenas ao património listado, sendo que, diz respeito à todos os lugares, e paisagens que pelo seu valor cultural e histórico, determinam ou caracterizam questões identitárias locais, nacionais e ou internacionais.


almadeviajante.com

Em Angola, numa iniciativa do CEICA (Centro de Estudos e Investigação Científica de Arquitectura), em parceria com o Instituto Nacional do Património e o Elinga Teatro, decorreu no dia 18 de Abril, uma conferência e exposição sobre a investigação científica, feita no contexto do Património Cultural Imóvel de Angola, tendo Luanda como ponto específico. As abordagens tiveram como intervenientes a Arquitecta, Ângela Mingas, a Historiadora, Rosa Cruz e Silva e o especialista em Património Arquitectónico Brasileiro, Luiz Grosso. Refletir sobre o património e impulsionar a sensibilização e protecção dos monumentos, foram pontos dos quais tomamos nota.

conteúdopop.com

Seguido de M’banza Kongo, alguns dos pontos de valor patrimonial em Angola:
1 – Palácio de Ferro – Luanda
2 – Fendas da Tundavala – Huíla
3 – Morro do Moco – Huambo
4 – Ruínas Fortaleza Kibala – Kwanza Sul
5 – Pedra do Feitiço – Zaire
6 – Fortaleza de São Miguel – Luanda

conteudopop.com

Deixa uma dika!

Conteúdo Viral

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *